E-commerce cresce a cada ano no Brasil

E-commerce cresce a cada ano no Brasil

Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), somente entre 2009 e 2013 o e-commerce cresceu cerca de 250%, o crescimento continua a cada ano. São números animadores para quem almeja empreender no setor.

E-commerce cresce 250% em cinco anos

A crise econômica que o país enfrenta há algum tempo parece não ter afetado o comércio eletrônico. O setor cresceu bons 12% em 2017, e as vendas da Black Friday (16 vezes maiores que a média diária do mês de novembro) além das festas de fim de ano foram grandes responsáveis por esse aumento. A projeção para 2018 é dos mesmos 12%, porcentagem muito animadora.

Geralmente as estatísticas se repetem no que diz respeito às categorias mais lucrativas, que impulsionam o e-commerce: eletrodomésticos, acessórios, moda, telefones celulares e decoração.

Apesar de ainda haver incertezas em relação à economia brasileira, o comércio eletrônico vem angariando cada vez mais adeptos. Um fator importante para o aumento do número de compras por meio virtual é a maior acessibilidade da população aos smartphones, pois com ele o acesso a uma loja virtual é mais recorrente, seja através do website ou de apps.

Alguns outros pontos que refletem no comportamento dos consumidores e contribuem para o e-commerce crescer a cada ano: maior segurança das negociações virtuais; sites de compra coletiva; aumento da oferta de lojas virtuais, grande parte em razão de seu custo reduzido; grandes campanhas em redes sociais; crescimento do marketplace (lojas-âncora que também vendem produtos de outros fornecedores), em razão da confiança do cliente; e, obviamente, a facilidade de se realizar tudo virtualmente, sem exposição, sem gastos com deslocamento e sem insegurança.

O Google, outros sites de busca e sites de comparação de preços são, na maior parte das vezes, o pontapé inicial para as pessoas fecharem negócio. Com alguns cliques o consumidor já tem acesso aos preços do produto em que está interessado. A comparação é mais rápida e a interatividade dos usuários nos comentários das lojas virtuais facilitam a tomada de decisão do consumidor.

Como visto, o crescimento do comércio eletrônico a cada ano no Brasil não é à toa. São muitos os pontos positivos de se fazer uma compra online. E com investimentos cada vez maior no setor, o e-commerce seguirá crescendo e se aprimorando, tudo para facilitar a vida do internauta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *